Emagrecer: por que é fácil no início e difícil com o tempo?

Eu já trabalho com emagrecimento no meu consultório há alguns anos.  Durante todo esse tempo, tornou-se muito comum ouvir dos meus pacientes que conseguem perder peso rapidamente no início do tratamento e, com o tempo, a tarefa vai ficando cada vez mais difícil.

O primeiro passo para entender o porquê isso acontece é tomar consciência que não é o volume de exercícios ou uma dieta restritiva que irá fazer você perder peso de forma efetiva. Por isso, o acompanhamento profissional é tão importante.

Não existe o desejo de emagrecimento por parte do organismo, assim, ele acaba dificultando as adaptações fisiológicas a longo prazo. Como principal característica, podemos citar a diminuição do metabolismo basal, também conhecido como termogênese adaptativa.

O metabolismo basal é a quantidade mínima de energia obtida através da alimentação para que o seu corpo possa manter você vivo quando estiver em estado de repouso. Para ser mais específico, é o que ele precisa para que você continue respirando, que o seu coração continue batendo, dentre outras funções.

A diminuição dos níveis do hormônio da tireóide T3, da leptina e a pouca atividade do sistema simpático contribuem para que o processo de conquista do emagrecimento seja cada vez mais demorado. Isso explica o porquê a tentativa de perder peso pela primeira vez é muito mais fácil que as próximas.

Pensando por outro ponto de vista, o emagrecimento ocorre quando a oferta de alimento é menor do que aquela que o organismo necessita. Isso é simulado através de uma dieta equilibrada.

Assim, o meu conselho é sempre o mesmo: CONSTÂNCIA! Se você quer emagrecer com saúde, precisa mudar seus hábitos e realmente tornar essa mudança parte do seu estilo de vida. Para atingir tal persistência, você precisa parar de acreditar em dietas milagrosas e ser acompanhado por um nutrólogo em parceria com um nutricionista.

O profissional capacitado irá avaliar se você tem algum problema de saúde no organismo que atrapalha o seu emagrecimento, como desequilíbrio hormonal, ou se tudo que precisa é apenas de uma dieta personalizada aliada a prática regular de exercícios físicos.