5 dicas para emagrecer rápido e com saúde


Os seres humanos, em sua grande maioria, são muito imediatistas. Querem alcançar grandes resultados, mas sem muito esforço e em pouco tempo. E não seria diferente durante o processo de emagrecimento. 

Quantas vezes você já pesquisou no Google “Como perder tantos quilos em uma semana”? Acredite, você não é o único e isso é completamente normal. O processo de emagrecimento pode ser longo e com alguns obstáculos no caminho. Mas não desanime.

Existem muitas dietas por aí que prometem uma perda de peso rápida, mas que são extremamente perigosas e podem provocar o temido efeito sanfona. Não adianta emagrecer cinco quilos em uma semana e engordá-los novamente na semana seguinte. É necessário criar hábitos e uma constância quando você está passando por esse processo. 

Não deve ser uma dieta e sim um estilo de vida saudável. 

Você já deve estar cansado de ouvir sobre reeducação alimentar e pode até duvidar da sua eficácia, mas no momento que você passa a ter uma relação saudável com a comida, tudo pode mudar na sua vida. 

Então, entenda o período que você está passando e conte com a ajuda de um profissional para lhe guiar nessa jornada, isso pode fazer toda a diferença nos seus resultados. 

Mas, como somos brasileiros e gostamos de dar aquele jeitinho, trouxe aqui para você cinco dicas que podem fazer esse processo mais rápido e mais fácil. Implemente essas dicas na sua rotina e observe os benefícios para a sua perda de peso. 

  1. Não coma o mesmo alimento mais de uma vez por dia 

Com exceção dos vegetais, não é uma boa ideia repetir os alimentos ao longo do dia. Se você comeu uma tapioca no café da manhã, por exemplo, opte por uma torrada no lanche da tarde ou outro carboidrato integral. Se você gosta de lanchar um iogurte, escolha um suco ou uma fruta na próxima refeição. 

Utilizando essa estratégia você consegue adicionar uma variedade maior de nutrientes na sua dieta, aumentando a sua sensação de saciedade e lhe proporcionando mais energia durante o dia. Além disso, quando você come alimentos repetidos você adiciona um tipo de “falha liberada” em seu plano de alimentação. 

  1. Evite ficar com fome 

Muita gente ainda pensa que para emagrecer é preciso passar fome. Mas esse pensamento, além de ser errado é perigoso. A questão não é ficar sem comer e sim comer os alimentos corretos em quantidades apropriadas. Quando você fica com fome, a tendência é acontecer um efeito rebote. Você acaba comendo mais do que deveria e alimentos calóricos para saciar essa fome. 

Mesmo se você pratica o jejum intermitente é importante saber os seus limites e não exagerar durante a sua janela de alimentação. 

A dica aqui é planejar as refeições para não ser pego de surpresa e acabar comendo algo que muito gorduroso e calórico. Prepare os seus pratos antecipadamente e deixe tudo organizado para ter sempre uma refeição saudável à mão. 

  1. Evite comer sal e alimentos industrializados 

Produtos industrializados podem ser os grandes vilões da sua dieta, então tenha cuidado. Uma forma de cortar o acúmulo de peso é mantendo os níveis de sódio e potássio em dia. Dessa forma, você evita a retenção de liquido e mantém seu organismo funcionando com saúde. 

Além disso, ao temperar suas refeições, opte por ervas naturais e utilize pouco ou nada de sal. Isso vai fazer toda a diferença na sua jornada. 

  1. Hidrate-se 

Essa dica aqui já está até batida, mas muita gente ignora. Melhorar a sua ingestão diária de água pode mudar a sua vida. Beber água ajuda a manter a sensação de saciedade, melhora sua digestão, evita a retenção de líquido e ajuda no funcionamento do seu metabolismo. 

Ou seja, beber água é tudo de bom! 

A quantidade diária que você deve ingerir é relacionada ao seu peso. Você deve multiplicar 35ml pelo seu peso para chegar a quantidade ideal de água. Ou seja, se uma pessoa pesa 45kg, ela deve tomar 1,5l por dia. 

35ml x 45kg = 1,5l 

  1. Coma legumes quatro vezes por semana

De acordo com um estudo publicado no European Journal of Nutrition, pessoas que seguiram uma dieta com déficit calórico e incluíram legumes em ao menos quatro refeições na semana perderam mais peso do que as pessoas que comiam a mesma quantidade de calorias, mas sem os legumes. 

Os pesquisadores explicam que essa perda de peso pode estar associada às fibras e componentes antioxidantes do legume.